RHS
    [email protected]
   Entre em contato
    CBSM
   Web-Rádio Delírio Coletivo
NOTÍCIAS
Aqui você encontra todas as principais notícias do site
Eu não Renuncio
Publicado em 22 de Maio de 2017
 Comemorando o 18 de Maio-Dia Nacional da Luta Antimanicomial Sabrina Ferigato nos brinda com um poema produzido no Sarau da UFscar em 2017 e não renuncia á democracia para que possamos ter uma vida livre e sem TEMER!
Saiba mais
AMIZADE A ESSÊNCIA DO CAPS
Publicado em 7 de Março de 2017
Através de jogos, eventos, atividades artísticas e festas o serviço do CAPS busca a socialização dos usuários, de forma que juntos possam se apoiar mutuamente no tratamento e na superação das dificuldades diárias 
Saiba mais
Empoderamento Feminino no CAPS3
Publicado em 7 de Março de 2017
Assista a entrevista da Psicóloga Rúbia Harmel e saiba porque a violência doméstica é um fator que pode desencadear o sofrimento psíquico. Todo dia é possivel ser feliz mesmo que seja entre Lírios e Dê-Lírios
Saiba mais
Porquê o CAPS sumiu do facebook?
Publicado em 23 de Março de 2017
Em tempos de crise econômica, intolerância e desmonte dos serviços públicos através de outras "Reformas" que atrapalham nossa Luta, a pergunta que não se cala é: Porquê os CAPS de Joinville foram apagados do facebook?
Saiba mais
Não quero "funcionar direito" quero lutar por meus direitos
Publicado em 3 de Abril de 2017
Neste texto escrito por Sabrina Helena Ferigato* somos desafiados a entender o direito das pessoas em sofrimento psíquico frente a tantas exigências do mundo moderno que por vezes tenta nos obrigar a funcionar direito para atender determinados padrões
Saiba mais
CLAVE DE SOIS: MÚSICA E SAÚDE
Publicado em 7 de Abril de 2017
Projeto Clave de SOIS  auxilia no tratamento dos transtornos mentais promovendo a recuperação da saúde através da música favorecendo a socialização e a inclusão social dos usuários dos serviços oferecidos pela Rede de Atenção Psicossocial de Joinville
Saiba mais
Dê-lirar é fundamental!
 
"Tão fundamental que se eu fosse uma filósofa importante mudaria a máxima cartesiana para: "Deliro, logo existo".  É comum que se diga que só os loucos deliram, mas isso não é verdade.  Todos nós deliramos. 
Quem não delira ou é pedra ou é planta.  Todas as pequenas e grandes realizações humanas iniciaram com um delírio, ou seja, numa invenção da cabeça de alguém."
(Rita Almeida-Psicóloga).
Contribua!
 
Se você deseja contribuir para que a Folha de Lírio continue a existir, deposite qualquer valor:
Banco Itaú
Agência:8842
Conta Corrente: 09906-4
 [email protected]
Classificados Anuncie Aqui!
 
Aguarde!
Home   •   Ir para cima   •   Sitemap
Facebook Twitter Google+ Google Pinterest LinkedIn Email Addthis
© Todos os direitos reservados ao proprietário da marca.
 
ARQUIVO CRÉDITOS NÃO ESTÁ ABRINDO, ESTÁ COM ERRO OU NÃO POSSUI A ASSINATURA.